O veneno da aranha vermelha

A comunidade queria se livrar da aranha vermelha. Em qualquer lugar — na praia, em casa, no restaurante e provavelmente até no motel com o amante —, o assunto era o bravo veneno daquele aracnídeo. — Cuidado com a Vermelita Venenosa! — Me disseram que uma dessas pode transformar nossa comunidade em uma selva. Aí … Continuar lendo O veneno da aranha vermelha

Anúncios

O tempo da escrita

O tempo da escrita é o agora. Em ritmo lento faz-se história; quando é urgente, revolta. A escrita é vivência em seu próprio tempo. Ela é íntima, forma-se na mente, constrói, desconstrói, reconstrói. É devir. Quando transforma o status quo, é revolução. A escrita é vigente; seu ritmo é respiração. No pretérito, é registro ou ficção. … Continuar lendo O tempo da escrita

Sobre “A história de Carmen Rodrigues”

Carmen já não podia aceitar a situação imposta por um marido negligente, violento e opressor, mas livrar-se dele parecia utopia. Até descobrir o verdadeiro amor e nele encontrar a força necessária para romper as barreiras e batalhar, ao lado de Clarissa, para viver o sonho de ser empresária e de ter uma família saudável e … Continuar lendo Sobre “A história de Carmen Rodrigues”