Carta aberta a minha família

Rio de Janeiro, 19 de setembro de 2018. Querida família, Gostaria de sentar à mesa da vovó e olhar nos olhos de cada um e cada uma de vocês para dizer que sempre tive amor por nossa família. Cada momento que passamos juntos, cada brincadeira, cada situação tão peculiar nossa estão bem guardados no devido lugar: meu … Continuar lendo Carta aberta a minha família

Anúncios

Estudos de gênero e educação — Precisamos conversar mais sobre isso

A educação, seja ela em qual contexto acontecer, deve permitir a existência, e não forçar padrões nem proibir vivências, porque educação não é jogo de poder.