Elucubração Pascal

29871566_10160437596065093_7126098183823550984_oHoje, no primeiro domingo depois da lua cheia do equinócio de outono, lembramos a ressurreição de um preso político, um socialista, subversivo que lutou pelos direitos das pessoas, não discriminou nem julgou, mas considerou: todos os seres humanos são dignos de amor e compaixão. Esse homem não era moralista nem preconceituoso, não apontava pecados e não semeava culpa. Ele desafiou o sistema e se opôs ao poder dominante para defender os pobres. Ele foi torturado e morto.

Infelizmente, ele não foi a última pessoa a morrer por essa luta — e parece que a humanidade ainda não aprendeu o verdadeiro valor da vida nem o significado de amor e compaixão.

Feliz Páscoa!

Anúncios