O vendedor de armas

“Imagine que você precisa quebrar o braço de alguém.” Agora imagine que esse braço é o seu próprio braço. Você então vence a luta com a ajuda de Buda (a estátua que você usa para acertar a cabeça de seu agressor). Em seguida, uma linda mulher entra em cena. Vocês passam “por todas aquelas fases ditadas por Hollywood e pela sociedade”: gritos, mordidas, um copo de conhaque e cigarro. Você deixa a casa, monta em sua Kawasaki ZZR 1100, aperta o acelerador no talo e… você nunca mais vai se deitar cedo até descobrir que “aquele homem era um vendedor de armas […] dono de mais de noventa contas bancárias”.

____________________________________________________________________________________________

Hugh Laurie está na boca do povo, nos sonhos das moças e… nos jornais, nas revistas, blogs. Hugh Laurie é Dr. House. Mas o que muita gente não sabe, é que esse homem, que interpreta um médico rabugento e que ganhou vários prêmios por esse papel, é muito mais que Dr. House. Laurie é músico, escritor e ator. Além disso, é apaixonado por motocicleta – ganhou de seu pai sua primeira “motoca” quando tinha 16 anos; nesse ano, também ganhou sua primeira guitarra, uma Yamaha – é engraçado, “inteligentemente” engraçado e já fez parte de um famoso grupo de teatro em Cambridge, o Footlights. Ele é filho de esportista, medalhista de remo e assim como seu pai, remou nas águas inglesas e foi campeão. Seu primeiro nome é James. Nacionalidade: inglês. Por isso, uma das características que mais chama atenção em seu atual papel na televisão é seu sotaque; ele fala perfeitamente o inglês norte-americano. Ele é um homem comum que tem família (esposa e dois filhos), ídolo (Clint Eastwood) e hobbies.

Em 1996, antes mesmo de ser o famoso Dr. “Rabugento” House, Laurie escreveu seu primeiro romance policial. É um texto estilo James Bond: carros bonitos, mulheres atraentes, bandidos e mocinho, muita ação e um toque de humor

O vendedor de armas
O vendedor de armas

britânico. O vendedor de armas (The Gun Seller) é livro para se divertir, rir e não querer largar até que a última página seja virada. Mas não é apenas de mulheres bonitas e mocinhos que a narrativa é feita. Seu humor faz ótimas e afiadas críticas ao sistema, por exemplo, no diálogo entre um dos norte-americanos envolvidos na trama, e a personagem principal, Thomas Lang – inglês e ex-militar de elite que é contratado para matar um grande empresário dos EUA.

“O que há de terrível […] é o fato de nós dois termos nascido em países democráticos, nos quais a vontade do povo deveria valer alguma coisa. […]
Duas coisas me ocorrem agora, Lang, […] Primeiro, nenhum de nós vive em uma democracia. Votar a cada quatro anos não é sinônimo de democracia. […] E Segundo, quem falou que vamos encher nossos bolsos?
[…] Não tinha pensado nisso. Vão dar todo o dinheiro da venda das armas para o Fundo de Amparo às Crianças. É um grande ato de filantropia e eu nem tinha pensado nisso. […]
Para onde você pensa que vai o dinheiro? […] Vou te dizer.”

A narrativa não para. É ação do início ao fim. Sem dúvida seria um excelente filme e Hugh Laurie já pensou nisso. Trabalhava na adaptação do romance em roteiro e já tinha acordo com a MGM, no entanto, como a história envolve terrorismo, ficou “embaixo da pilha” de roteiros. Esperanças ele ainda tem e quer que o filme aconteça antes que ele fique velho demais para ser Thomas Lang. Se der certo, sem dúvida será um blockbuster.

Para quem admirou O vendedor de armas, aguarde ansiosamente pelo próximo: The Paper Soldier. Mas parece que Dr. House toma cada vez mais o tempo do escritor que tentou lançar o novo romance no final de 2009. Não deu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s